Avançar para o conteúdo

Como reduzir consumo de água

Sabia que até 2050, a falta de água pode atingir 5 bilhões de pessoas no mundo? Pois é, pode parecer difícil imaginar um futuro assim, mas é necessário agir hoje. Se quiser saber mais sobre este assunto, convido-o a consultar o relatório feito pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Iniciar uma gestão correta da água é algo fundamental para a preservação desse recurso natural tão importante na nossa vida. Afinal, a água pode parecer infinita, mas apenas uma pequena parte pode ser consumida no dia a dia.

Para começar, o básico: tenha como meta economizar a água em sua casa. Não só terá benefícios monetários como o Planeta Terra agradece.

DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA

  1. Consertar os vazamentos 
    Se acha que uma gota a gota a cair quando a torneira está fechada não significa muita coisa, está enganado! Uma torneira a pingar pode representar um desperdício de aproximadamente 10 mil litros de água por ano. Pense na diferença que irá fazer se consertar os vazamentos nor seu orçamento familiar. Verifique primeiro a cozinha e os quartos de banho, pois são lugares que costumam apresentar este problema. Depois, observe se existem sinais de vazamento ou manchas de humidade.

  2. Tome atenção quando está no quarto de banho
    É uma área da casa em que é possível aplicar muitas dicas para economizar água. Evite passar muito tempo com o chuveiro aberto e feche a torneira na hora de se ensaboar. Quando lavar os dentes, feche a torneira enquanto está a eliminar a placa bacteriana. A descarga da sanita é outro ponto que pode causar muito desperdício de água, uma dica é recolher para um balde a água fria do banho enquanto não vem a quentinha e reaproveitá-la nesse sentido.

  3. Tenha cuidado na cozinha
    Outra divisão da casa que desperdiça água é a cozinha. Para lavar a louça, siga a mesma dica do banho, ou seja, ensaboe todos os itens primeiro e, depois, retire o sabão com a água. Além disso, pode retirar restos de comida e seguir uma ordem na hora de passar o esfregão: comece pelos objetos mais leves, como copos e talhares, depois siga para as  panelas, formas e os potes maiores ou mais sujos ficam por último. No caso se usar a máquina de lavar louças, certifique-se que a utiliza quando estiver com a sua capacidade completa. 

  4. Capte e reutilize água
    Quem mora em moradias pode investir em sistemas para a captação da água da chuva, com implementação de cisternas e calhas, por exemplo. Por outro lado, pode captar a água utilizando baldes (como já referido na dica 2). Para isso, basta deixá-los num lugar mais aberto e que tenha incidência de chuva. Depois use para regar plantas, lavar o chão.

    Não se esqueça que a água da chuva não é tratada e, portanto, não é recomendado a sua ingestão.

  5. Lave o carro de forma consciente
    Ao adotar um sistema de lavagem a seco, a água passa a ser um produto totalmente dispensável. Vale dizer que os resultados também tendem a superar aqueles normalmente proporcionados pelos litros e mais litros de água e sabão. Para isso, é preciso fazer uma pesquisa por produtos de lavagem a seco.

  6. Consuma de forma consciente
    Por fim, uma das mais importantes dicas para economizar água é  consumir de forma consciente.
    Com o fácil acesso à informação, pode pesquisar sobre quais são os produtos e até alimentos que necessitam de muita água para serem produzidos e procurar alternativas mais sustentáveis.

    Sabia que a produção de uma única folha de papel pode chegar a 10 litros, enquanto os processos aplicados à produção de automóveis consomem cerca de 400 mil litros? Ou que para que possa consumir 1 quilo de carne bovina são usados 17 mil litros de água? Sem dúvida, que estes números impressionam e são capazes de provocar uma reflexão sobre aquilo que compramos.

Não se esqueça de colocar em prática estas dicas para economizar água e partilhe esta informação e a sua experiência com outras pessoas.